Bouquet Garni

Para quem sempre fica em dúvida na hora de acrescentar ingredientes aromáticos nas preparações, aí vai uma bela dica: o bouquet (buquê) garni. É ótimo para usar com molhos, sopas, vegetais e fundos ou caldos, e muito, muito simples de se fazer.

A versão clássica inclui folhas de salsa, tomilho e louro amarradas com barbante ou nylon (nunca testei o nylon, mas o barbante não falha). A proporção “ideal” é:

– 1/4 tomilho

– 1/4 louro

– 2/4 salsa (pode usar talos à vontade)

Mas, lembre-se de que o bouquet pode variar de acordo com as regiões e com o sabor desejado. Já usei também salsão, alecrim, orégano e erva-doce.

O que sempre fazíamos no IF-SC era deixar um bom pedaço de barbante sobrando, após dar o nó no bouquet, para enrolar no cabo da panela, facilitando na hora de retirar o bouquet da preparação!

Para o preparo de caldos, o bouquet pode ficar até seis horas fervendo junto à mistura, sem problemas, mas é sempre retirado pouco antes do fim do cozimento. A vantagem, é claro, é que você adiciona sabor e aroma ao prato, sem deixar vestígios físicos do que foi usado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: