Ratatouille

Uma animação de 2007, produzida pela Pixar. Esse argumento basta para me convencer a assistir ao filme, pois na minha humilde opinião cinematográfica, a Pixar é o melhor estúdio de animação do mundo. Foi o oitavo filme da companhia (agora, Disney Pixar), e o nome, muito bem bolado, faz referência tanto ao prato frânces Ratatouille, que aparece em algum momento da trama, quanto aos atributos físicos da personagem principal. 🙂

O ratinho Remy vive com seu irmão e seu pai junto a um bando de ratos ladrões de comida, num sótão do interior da França. Remy tem um olfato e um paladar excepcionais e sonha em ser um chef de cozinha, algo condenado pelo bando, já que ele era muito bom em distinguir comida e armadilhas com veneno para rato. Um dia eles têm que abandonar o sótão onde vivem e ir para os esgotos da capital francesa. Lá, Remy fica próximo ao restaurante fundado por seu chef preferido, Auguste Gusteau (já morto), onde todos os dias vai dar uma olhada no movimento da cozinha. Em certa ocasião, chega Linguini, um jovem desengonçado, candidato à vaga de limpeza.

Logo no início do trabalho, o jovem faxineiro derruba uma panela de sopa pronta para servir e, rapidamente, tenta recriar a preparação, mas nada sabia de cozinha. Remy vê o desespero do menino e entra na cozinha para ajudá-lo na combinação dos ingredientes. A sopa é um sucesso e o restaurante acaba contratando Linguini para ajudar na cozinha. Para se manter no emprego, ele vai ter uma ajuda do ratinho aspirante a chef e aí começa uma boa amizade e uma parceria de sucesso.

Uma das coisas mais interessantes que li a respeito dessa produção foi o desafio para criar animações de comidas que parecessem deliciosas. Muitos chefes americanos e franceses foram consultados e os animadores fizeram aulas de culinária para entender o funcionamento das cozinhas comerciais. Também foram cuidadosamente selecionados músicas, diálogos e imagens abstratas para representar as sensações que as personagens sentiam quando comiam; metáforas sensoriais.

Exemplo de comida do filme: texturas e cores apuradas

Veja o trailer aqui. Em breve, a receita da Ratatouille francesa!

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Trackback: Ratatouille – A Receita « Fundo Jornalístico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: