O livro do queijo

Nesse último dia dos pais, aproveitando que o meu é um grande fã de queijo, o presente escolhido foi O livro do queijo – os melhores do mundo, organizado por Juliet Harbutt e vencedor do Gourmet Awards Cookbook 2010. Eu, como faço parte dos quase 75%  da população mundial que sofre com a intolerância à lactose (dados de Mahan e Escott-Stump), me limito a apreciar o processo e as boas historias que existem por trás do alimento.

E para conhecê-las, um bom começo é dar uma olhada nessa obra, que traz origem, notas de degustação e dicas de como apreciar mais de 750 tipos de queijo! Deve ter dado uma trabalheira para organizá-lo… Mas o resultado é primoroso, como uma enciclopédia: completo, organizado e muito bem ilustrado. Dá uma fome…

Ah, se meu corpinho soubesse produzir lactase direito 🙂

Anúncios

8 Comentários (+adicionar seu?)

  1. MBFchelle
    ago 16, 2011 @ 21:28:18

    Não sabia dessa tua intoerância… ou sabia? afff minha memória tá um cão! será a lactose??? Vem cá! 75%??? Isso é coisa que a minha nutricionista anda lendo…

    Responder

  2. Marina
    ago 16, 2011 @ 21:35:39

    tb achei o numero alto, mas pode jogar no google e vais achar pelo menos 6 fontes que indicam o mesmo resultado. e lembrando que intolerancia nao significa q eu nao possa comer NADA de leite NUNCA, sabe… um pouquinho de vez em quando da pra arriscar.
    se for pra registrar a porcentagem de quem nao tolera nadica, dai sim a queda sera brusca… mas muita gente tem e nao sabe, eu so fui saber quando tinha uns 12 anos. antes disso passava mal pra caramba sem saber pq!

    Responder

  3. MBFchelle
    ago 16, 2011 @ 22:20:29

    hummm… nunca passei mal com isso… o que tu sentes? pode falar aqui? hahahahaha

    Responder

    • Marina
      ago 17, 2011 @ 09:33:05

      na maioria das vezes é uma dor normal, como se tivesse comido algo estragado. tive apenas uma ou duas vezes uma reação mais forte, com dores de se contorcer inteira e uma tremedeira louca, um princípio de convulsão. a parte tocante é que nunca fui ao médico para tratar hehe

      Responder

  4. chef no forno
    ago 17, 2011 @ 00:46:09

    Tenho o livro. É lindão! Sinto pela sua intolerância. Pelo menos há uma vantagem psicológica (ok, totalmente abstrata e sem fundamento): melhor não poder comer do que ser mala e “não gostar” de queijo. Quem não gosta de queijo, boa pessoa não é

    Responder

  5. Michelle
    ago 17, 2011 @ 11:05:24

    Tu nunca tomaste aquela enzima via oral? Para preparar para uma fête du fromage até que vale! amo queijo e não vivo sem! ainda bem que não passo mal! E a minha nutri que me dê um tempo! Faço parte dos 25% que não têm nada!!! 😛

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: