Elas estão chegando…

Depois do sempre turbulento final de semestre acadêmico, lá vêm minhas forminhas de panetone!

Em breve, a receita, a história e um belíssimo teste de qualidade retirado de um livrinho-relíquia italiano.

Esse mês será todo dedicado à data mais linda do ano 🙂

Mini panetone

Uma simplificação da receita de panetone, que exige mais de 24h de descanso de parte da massa. Essa receita fica uma espécie de muffin, não tão fofa quanto o panetone tradicional, mas bem saborosa. E compensa por ser rápida.

– 2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro

– 1 copo de água morna

– 1 colher de sopa de essência de panetone

– 800g de farinha de trigo

– 30g de fermento biológico seco

– frutas, castanhas e o que for desejado (uma a duas colheres de cada)

– 1 colher de sopa de leite desnatado

– 1/2 colher de manteiga

– 3 ovos

– 1 colher de chá de sal

– suco de uma laranja

Juntar na batedeira fermento, ovos, suco de laranja, leite, essência e sal. Quando homogêneo, desligar e acrescentar o açúcar, misturando manualmente. Colocar frutas, castanhas e farinha, usando as mãos. Se preciso, colocar um pouco da água morna (não é preciso usar toda). A massa deve ficar lisa, mole e grudenta. Deixar descansar  até dobrar de tamanho. Vai levar umas 3 horas, no mínimo. Assar em forno baixo pré-aquecido por 20 minutos. Ela não fica muito escura. É só decorar e feliz natal!